INCONTINÊNCIA URINÁRIA EM MULHERES

capas youtube uroway (1).png

A bexiga tem como função armazenar a urina até que estejamos em um momento adequado para esvaziá-la. Normalmente, urinamos de 6 a 8 vezes ao dia, sendo normal acordarmos até uma vez à noite para urinar.

 

A incontinência urinária é definida como a perda involuntária de urina. Essa perda é dividida em dois tipos:

 

Incontinência urinária de esforço – acontece por uma falha do músculo que controla a urina, denominado esfíncter urinário. Neste tipo de incontinência, a pessoa elimina involuntariamente a urina ao tossir, espirrar, pegar peso ou durante qualquer atividade que promova um aumento de pressão na bexiga;

 

Bexiga hiperativa – o músculo da bexiga apresenta contrações involuntárias que provocam o desejo urgente de urinar. Nesses casos, a pessoa relata uma vontade muito forte de urinar e não tem tempo de chegar ao banheiro.

 

Existem várias formas de tratar a incontinência urinária em mulheres. Muitas vezes, é preciso realizar o estudo urodinâmico – um exame que auxilia o médico a definir o melhor tratamento.

 

Na incontinência urinária de esforço, a indicação pode ser o reforço da musculatura perineal com fisioterapia. As cirurgias denominadas sling, com colocação de uma faixa sintética abaixo da uretra, também são muito eficientes nestes casos.

 

Na bexiga hiperativa, o tratamento é realizado com medicamentos que diminuem as contrações da bexiga. Mudanças nos hábitos, com redução do consumo de produtos como café, chás e refrigerantes, também ajudam a diminuir a urgência para urinar.

 

Nos casos em que ocorre falha do tratamento com medicamentos e mudança nos hábitos, pode-se realizar a aplicação de toxina botulínica em diversos pontos da bexiga. Essa intervenção é feita no centro cirúrgico, com o paciente sob sedação, por meio de um sistema de vídeo e endoscopia. Este tratamento costuma ser muito eficaz.

 

Os médicos do grupo Uroway estão aptos a executar consultas e exames urodinâmicos e a oferecer tratamentos apropriados a pessoas com incontinência urinária.